10 de fevereiro de 2011

Il Mare

Antes de conhecer Il Mare, tinha visto - e amado - A Casa do Lago, com Keanu Reeves e Sandra Bullock. Nessas férias como comecei a baixar mais dramas e filmes, acabei encontrando Il Mare. A história é a mesma em sua essência, mas tem diferenças entre os filmes.



 Ficha Técnica

Título: 시월애 / Siworae / Il Mare [O Mar]

Gênero: Romance / Fantasia

Ano: 2000

K-Movie




Sinopse: Eun Joo está se mudando de Il Mare, sua casa. Ela deixa um cartão para o novo inquilino, pedindo que lhe mande eventuais cartas que chegarem em Il Mare. Sung Hyun é um estudante de arquitetura  que recebe o cartão, mas não compreende como Eun Joo morou antes dele na casa se ele é o primeiro inquilino do local. E estranha ainda mais o ano que Eun Joo coloca no cartão: 1999. Sung Hyun responde o cartão esperando reparar o mal entendido, perguntando o porque da brincadeira de colocar 1999 se eles estão no ano de 1997. A partir daí os dois descobrem que a caixa do correio de Il Mare faz com que os dois se correspondam independente dos dois anos que os separam. E nesse meio tempo de correspondências e outros acontecimentos na vida dos dois, eles vão se apaixonando.




Minha Opinião: O filme é meio parado. Bem parado mesmo. Mas não é o tipo de filme que por ser "lento" não te prende. Acho que por ser mais lento é que a gente fica cada vez mais grudado e ansioso. Pelo menos foi assim comigo. E a história é linda demais pra que alguém se sinta entediado.


Achei interessante a história em si. Desde A Casa do Lago. Duas pessoas no mesmo mundo mas em anos diferentes. Sempre gosto dessas histórias românticas que tem algo a mais. Acho que o romance sempre precisa de algo para ficar melhor. Ou para aumentar os obstáculos. E sempre criam mais obstáculos. Mas nunca tinha visto um obstáculo de 2 anos. Difícil, não?


Mas mesmo dois anos de diferença não acabam com o clima fofo do filme. Parece que eles estão sempre próximos, unidos de alguma maneira, indo além das cartas e da própria Il Mare. Com isso eles tem quase uma relação pessoal. Mais ele do que ela, pois ele ainda a encontrou em seu tempo, ela já não teve essa sorte.




Gosto dessa oportunidade dele vê-la na linha do trem. Tudo aquilo dele ficar se perguntando por que ela não sabe que ele existe e tudo mais. Mas sinceramente fico com mais pena dela. Ela além de não ter tido nenhuma oportunidade de vê-lo, ainda levou um bolo dele quando marcaram o tal encontro na praia. Só me deu uma dorzinha ela ver a casa que ele projetou pra ela e ela nem saber que era para ela toda a construção...



Mas eu comecei a ficar com raiva da Eun-Joo por causa daquela história dela pedir ajuda pra poder ficar com o outro cara. Sem saber, aquele pedido fez com que o Sung Hyun morrese. Claro, como é romance e ainda mais sobrenatural, tudo acontece. Mas me deu uma dorzinha no peito quando ela pediu isso pra ele e ele falou que ia ajudá-la.




Pelo menos o final do filme fez muito mais sentido do que o seu remake. Por que? Em Il Mare, ele conseguiu pegar a carta dizendo que ele não deveria ir procurá-la, que não deveria ajudá-la. Mas em A Casa do Lago o Keanu Reeves pega o bilhete do bolso! Tipo, é o correio que faz com que as cartas se encontrem, não bolsos. Momento FAIL da produção americana.


Lado Positivo: O final. Pois tem toda a tensão do ele pegou ou não a carta? Depois volta pro começo do filme e é aí que me deixa tensa. Então ele simplesmente aparece, mostra o tal bilhete que ela mandou dizendo para ele não ir encontrá-la e pede para lhe contar uma longa história. MUITO KAWAI! ^^


Lado Negativo: A comparação entre as duas produções é quase que impossível de não ser feita. Gosto dos dois filmes, mas no Il Mare faltou o final com o beijão e tals. Simplesmente ficou naquela deles vão se conhecer melhor e terão um lindo romance. Mas não mostrou a ânsia pelo encontro. Bom, foi lindo, mas ficou faltando alguma coisa...




Ator / Personagem:


Lee Jung-Jae como Sung Hyun
Jun Ji-Hyun como Eun Joo
Links:

Fansuber:
Dramas Coreanos


Sites que disponibilizam o download:

7 comentários:

  1. A Casa do Lago esta entre os filmes preferidos, esta resenha/critica me deixou com vontade de assistir denovo.
    Mesmo amando A Casa Lago, Il Mare não me chamou atenção, não estou sentindo o 'MEUS DEUS tenho que assistir isto AGORA', talvez seja a resenha que não conseguiu me deixar curiosa ou mesmo o filme que não me pareceu muito...Hmmm, apetitoso?! oskasakoaskoaoksas
    Enfim, este eu não assisto =X
    Beeeeeeeijos Betah *-*

    ResponderExcluir
  2. Como falei,esse filme é muito parado e se comparado A Casa do Lago te falo que A Casa é bem melhor.Mas não desgostei desse filme não.
    Bom,quem sabe em outra oportunidade vc acabe assistindo...^^
    bjs e volte sempre!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Em qual site você assistiu queria ver legendado

      Excluir
    2. Em qual site você assistiu queria ver legendado

      Excluir
  3. Parabéns!!!Adorei a resenha, me falaram sobre esse filme e estava super a fim de ver. Obrigada por postar o link.Eu vi o remake americano "A Casa do Lago", e sinceramente não gostei muito...não gosto dos enlatados americanos...o romance não tem profundidade fica tudo muito superficial, não crível...ainda mais quando o tema é meio-sobrenatural...questão de gosto é claro. Os filmes asiáticos são mais parados,lentos, mas vão fundo nas relacões humanas e suas várias facetas.Nós fazem refletir...Vou curtir assistir!!!Beijokas...e Sucesso para o Blog!!!

    ResponderExcluir
  4. Eu gosto d'A Casa do Lago por causa dos atores.Achei tão legal vê-los juntos novamente sem ter um ônibus que n pode parar de andar e todas aquelas explosões...Mas Il Mare é tão perfeito quanto e não posso negar que sou muito mais apaixonada pela história dos filmes do que pelos filmes.Se tivesse um livro adoraria comprá-lo.

    Beijos e Volte sempre!!

    ResponderExcluir
  5. Sobre essa parte "Pelo menos o final do filme fez muito mais sentido do que o seu remake. Por que? Em Il Mare, ele conseguiu pegar a carta dizendo que ele não deveria ir procurá-la, que não deveria ajudá-la. Mas em A Casa do Lago o Keanu Reeves pega o bilhete do bolso! Tipo, é o correio que faz com que as cartas se encontrem, não bolsos." Acho que você não entendeu isso no filme americano. Pelo que entendi, o Alex(Keanu) já havia pego a carta e como queria ver a Kate(Sandra) foi mesmo assim, apenas para vê-la e no momento que mostra a parte dele tirando a carta do bolso, provavelmente ele a estava relendo, ou seja, ele levou a carta junto com ele.

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...